segunda-feira, 14 de março de 2011

Homo neanderthalensis



Os primeiros fósseis do Homem de Neandertal foram encontrados em 1856, no assim chamado vale de Neandertal, perto de Dusserdolrf, Alemanha. Esta descoberta marca o início da moderna paleoantropologia.
Considera-se que um proto-Homem de Neandertal surgiu há cerca de 600.000 anos atrás, mas só há 130.000 anos seus traços definitivos se estabeleceram e assim permaneceram por quase 100.000 anos quando, entre 30.000 e 25.000 anos antes da moderna era, desapareceram misteriosamente da superfície terrestre.
Ao contrário do que se pensa, o Homem de Neandertal não era um ascendente do homem moderno, o Homo sapiens sapiens e sim uma variação de um outro ramo que divergiu da espécie Homo a partir de ancestrais comuns. Ou seja, O Homem de Neandertal era um outro hominídeo. Como o Homem Moderno surgiu com suas características atuais há cerca de 50.000 anos, as duas espécies coexistiram durante algo como 20.000 anos. Em todo caso, o Homem de Neandertal reinou sobre a superfície terrestre durante quatro vezes mais tempo do que toda a história do Homo sapiens.
Os Homens de Neandertal tinham o crânio mais ou menos do mesmo tamanho do Homem moderno, porém eram mais baixos e mais atarracados. Usavam ferramentas sofisticadas, viviam socialmente e acredita-se que tinham uma linguagem. Há sinais evidentes que enterravam seus mortos, dominavam o fogo e cozinhavam seus alimentos. Junto com um dos fósseis descobertos foi achada uma espécie de flauta, cuja utilidade, musical ou não, é alvo de grandes discussões científicas.
A ciência acreditava que, embora tenham coexistido, não havia ocorrido cruzamento entre o Homo neanderthalensis e o Homo sapiens; porém, em 2010, após o sequenciamento genético de um fóssil Neandertal, chegou-se a incrível descoberta de que cerca de 4% dos genes do Homem Moderno vieram do Homem de Neandertal.
Ninguém sabe por que o Homem de Neandertal desapareceu da face da Terra. Alguns especulam que sua espécie não suportou as mudanças climáticas da Era do Gelo, hipótese que tem sido contestada por vários pesquisadores. Há os que acreditam que o Homem Moderno com armas mais evoluídas perpetrou um genocídio e eliminou do planeta sua espécie co-irmã.
É sabido que Deus criou o Homem à sua imagem e semelhança. O que não se sabe afinal é por onde andará o Deus do Homem de Neandertal?

Imagem: Marcelo Damm
Texto: Guilherme Preger
Conjunto da imagem vencedora do 13º encontro com o texto nela inspirado vencedor do 14º encontro.

3 comentários: