terça-feira, 6 de setembro de 2011

Estudante Paga Meia



Hoje eu acordei com um soco encravado e preciso me livrar dele. Já resolvi que o primeiro cliente que pedir desconto, vai ganhar é uma porrada. Eu sou assim e pronto. Às vezes me dá uma zoeira e eu acordo azucrinada, geralmente isso acontece quando é o dia de fazer depilação. Quer coisa mais desagradável do que depilação? Porque eu gosto de ser peludinha, mas tem cliente que não gosta, tem gaiato que me coloca apelido e eu fico puta quando me chamam de “ursinho Blau Blau” ou sei lá que porra de bicho peludo seja. Pois é, eu tenho cabelo pra caramba e minha mãe dizia que eu tinha herdado isso do meu pai. Mas essa história de me zoarem e me chamarem de “menino peludo” já deu nos nervos e eu comecei a raspar. Mas aí a Veruska me disse que depilar é mais legal e coisa e tal e fui experimentar a porra da depilação. Decidi e quando eu decido... Eu sou assim e pronto.
Só o que aquela bicha velha não contou era que ela estava aprendendo a depilar e precisava de uma cobaia...eu. Cheguei lá e ela arrancou meus cabelinhos da perna. Doeu pra caralho, mas ela me convenceu a fazer a barba que estava nascendo. Ela me disse que a carinha lisa era muito mais gostosa, que os garotos iam adorar e coisa e tal. Deixei. Porque eu penso bem, eu meço as coisas para decidir. Mas quando eu decido... Eu sou assim e pronto.
Decidi deixar e ela me chapou a cera quente na porra da minha cara e puxou como se tivesse puxando o último baseado... arrancou tudo, quase meu gogó foi embora...primeiro ficou lisinho, mas depois foi ficando vermelho, em alguns pontos saiu até sangue e a cara começou a inchar e eu fiquei igual a uma boneca inflável, com a cara toda lisa e estufada. Fiquei uma semana tendo que agüentar a rapaziada me chamando de Lady Boy, que eu descobri depois, no Google, que era o nome de uma tal boneca erótica. E o pior é que queriam desconto porque diziam que era estranho... Que ódio! Eu já cobrava meia pra estudante, que acho uma coisa justíssima, mas desconto.....
Nunca mais falei com a Veruska, mas descobri um lugar decente pra depilar a perna e os braços de vez em quando. E hoje é dia.
A rigor, pra ser bem sincera e falar de dentro do meu coração, eu gosto de ser peluda, mas tem essa história do meu pai e depois tem essa coisa da depilação que me traumatizou pra cacete. Então, como é do meu feitio, eu pensei bem, considerei todos os aspectos e decidi que seria meio a meio. Depilação só nas pernas e nos braços. O resto ficaria cabeludo. Mas tem alguns clientes, essa porra desses estudantes, que me pedem desconto porque me acham estranho.... Logo eu, que dou desconto social...
O fator surpresa sempre me excitou muito. Com os clientes nem sempre dá certo, principalmente com a estudantada, que eu prefiro, mas que me sacaneia muito. Tinha um até que me propôs trabalhar num circo quando me aposentasse, substituindo a Konga, aquela macaca que todo mundo que teve infância conhece. E no dia que esse cara falou isso eu fiquei muito puta e parti pra cima dele, mas ele era mais forte e quem dançou foram meus dentes. Depois, quando ele viu que eu estava banguela, ficou arrependido e até cuidou de mim uns tempos. Mas aí, acho que ele passou no vestibular, não sei se pro Rio de Janeiro ou pra São Paulo e a lembrança que tenho dele é a falta dos dentes, a proposta de um trabalho num circo e o pedido de desconto, porque todos os carinhas acham estranho ir com um cara desdentado. Esse, o do soco, esse deu trabalho pra esquecer porque eu não cheguei a decidir que não queria mais ver o desgraçado. O tempo se encarregou disso. E quando isso acontece, eu, que também sou sensível, fico mal pra caramba. Eu sou assim e pronto. Sensível, peluda, desdentada e dura.
E é por essa e por outras que hoje eu desencravo esse soco na cara do primeiro que me pedir desconto.

Desenho: Fernanda Franco
Texto: Maria Emilia Algebaile

4 comentários:

  1. A imagem da Fernanda Franco é muito divertida, e a Maria Emilia soube fazer um texto ótimo, aproveitando muito bem as imagens. Ps: estou A PONTO de digitar Lady Boy no Google. Isso existe mesmo? huashuahsu o/

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito e a imagem casou de forma perfeita com o texto...

    ResponderExcluir
  3. uahahahaha. Muito bom!

    ResponderExcluir