sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Não importa


Não importa, Roberta, o quão estranhos continuaremos sendo. De minha parte, além dos olhos que sempre te olham e da língua que te quer pecaminosa, sou ainda o mesmo. Tenho fortes dores de cabeça, as gavetas estão abertas e te esperam.


Imagem: Diego Kern
Texto: Igor Dias

2 comentários:

  1. as imagens do DKL são sempre arrepiantemente insólitas. q coisa bizarra é essa? Gostei do texto lacônico do Igor, exatamente por ser lacônico e por misturar o totalmente banal com o poético, assim com a imagem do diego, com suas gavetas abertas. acho q textos sintéticos funcionam melhor no clp. parabéns aos dois craques!

    ResponderExcluir