terça-feira, 5 de junho de 2012

O perigo está dentro

portas janelas telhados
forno armário entupimento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

blusa pinto cara suja
olho casa pensamento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

boca bosque ribanceira
garganta ralo argumento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

 riso graça festa praça
veia osso atrevimento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

dia noite amor e ódio
quarto escuro sentimento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

pálpebra bigode pentelho
útero bexiga excremento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

nariz pescoço cotovelo
artéria boceta alimento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

vento fogo mar e terra
mergulho e firmamento
o perigo não está fora
o perigo está dentro

jornal ipod fedor
dejeto informação comportamento
o perigo não está fora
o perigo está dentro


Poesia: Maria Emília Algebaile
Imagem: Fernanda Franco

3 comentários:

  1. achei fantástica a criação em conjunto. excelente conjunto. sem dúvida, o perigo está dentro. q coisa legal, imagem e poema, totalmente imbricados, por fora e por dentro

    ResponderExcluir