sexta-feira, 12 de outubro de 2012

FUNDO DO RIO




FUNDO DO RIO

O fundo do rio é céu,
no fundo do rio eu rio.

Do alto do céu se abre
o que nessa vida cabe.

A ponta do barco é proa,
mas rio não é lagoa.

Ancoro  por trás das árvores,
além das nuvens, ao sol.

Saudades dessa viagem:
desafio, tempestade.


Texto: André Calazans
Imagem: Magali Rios
Rodada 37

Um comentário: