quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Relação?

Às vezes, eu ainda fico doente de você. Acredita? Já se passou tanto tempo e, ainda assim, há dias em que a sua lembrança me consome de tal maneira que adoeço. Surto!

Sou tomada por imagens, cheiros, vozes, diálogos intermináveis, risos, muitos risos, gargalhadas, brincadeiras. E tudo isso se repete na minha mente como num transe. Fico dias assim: entorpecida de você.

E o mais curioso e inédito disso tudo: nada do que me ocorre, encoraja-me a fazer qualquer movimento em direção a você. Sinto e sofro de uma solidão minha, só minha.

Bom, havia de ter algo dessa nossa relação só meu. Mas, peraí: era uma relação?

Relação, relacionamento, troca, companheirismo, lado a lado...

É. Não era uma relação. Eu me relacionava com você e você se relacionava com você mesma.

Enfim, alguma coisa de tudo isso havia de ser só minha. Então, esses surtos são só meus. Mas são tão seus também, né?



Texto: Ericka Gavinho
Música: Gilson Beck

Um comentário: