sexta-feira, 15 de março de 2013

Graça (balada-soul)




Diamond in the back, sunroof top, Diggin the scene
With a gangsta lean, wooh-ooh-ooh (
William DeVaughn)



Pode não se ter uma limusine
com um chofer de uniforme
e passear como um figurão
-paletó, gravata e broche-

ou jamais ter provado
um autêntico Havana,
nem ter um chapéu Panamá
de pura palha equatoriana

ou habitar uma cobertura
com o visual de um oceano,
tudo o que mais se tenha
é pequeno ou é engano

frente, não ao que se ganhou
por merecer ou na trapaça,
mas ao que tão somente
apareceu e era de graça

porém não chegou tão fácil
antes exigiu atenção
e astúcia para guardar
o que lembrava vento no vão:

não era vago, foi o que veio
como um sutil bafejo
e quem o inspirou o sabe
tão vivo quanto benfazejo.

Agora é o que se é
assim como se respira
nada se tem ou se possui
e portanto ninguém o tira,

dado o que resta apenas
é o simples agradecer
não a um outro ou além,
grato é o que só pode o Ser.

Imagem: Carlos Monteiro
Texto: Guilherme Preger

Rodada 41

3 comentários:

  1. Gostei muito. Criou muito bem em cima das imagens. E belas imagens também. Sem dúvida, uma boa dobradinha.
    Iara Caldwell.

    ResponderExcluir