quarta-feira, 29 de maio de 2013

SALTO ALTO



Há mulheres que ficam bem de salto alto. Você não. Quando os usava, parecia até meio vulgar. Não que fosse. Muito ao contrário! Mas a impressão que dava é a de que os saltos não lhe faziam parte. Com eles, outra mulher entrava em cena, menos natural, menos elegante. Sua beleza, meu amor, sempre tão evidente, que a altura a mais era absolutamente desnecessária.
O seu modelito preferido, pra mim, sempre foi calça jeans e camiseta justas ao seu corpo de curvas perfeitas. Um sapatinho baixo. Um casaquinho. Você era friorenta. Talvez, um lenço em volta do pescoço. Cabelos soltos, sempre! Ah! E uma bolsa grande onde, entre outras, havia umas coisinhas pra comer. Você era gulosa.
Não! Tudo mentira!
O seu modelito preferido, pra mim, sempre foi e sempre será: você nua, sobre a cama, cabelos soltos e jogados ao lado, pernas semi-abertas, de salto alto, olhos e corpo ardendo de desejo e na boca: “Me come, meu amor!”

Imagem: Fernanda Lefevre
Texto: Ericka Gavinho
Rodada 43

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O final casa perfeitamente com a imagem. Muito bons, imagem e texto.

    ResponderExcluir