sexta-feira, 12 de julho de 2013


Eu nem o conheço direito, mas ele insiste em me fotografar qualquer
dia desses. Eu concordo e espero. Não sei, mas tem vezes que nos acho
de mentira, gente saindo de livros encarquilhados, empilhados em
prateleiras de sebos. Personagens de um romance abandonado no meio.
Ele diz que me ama, mas eu não acredito.

Quando ele falou que queria tirar fotos minhas eu imediatamente disse
que sim, eu quero. Enquanto me fotografa, ele me conta existir outra
mulher na sua vida e que essa outra sou eu. Não sei se fiquei triste,
se fiquei feliz, acontece que tem uma de mim que anda lá por trás das
trevas, furtando, se condensando em finas formas de granito e mármore.

Imagem: Paula Sancier
Texto: Ana Cláudia Calomeni
Rodada 44

4 comentários:

  1. "Finas formas de granito e mármore" + foto interessantíssima = post excelente!!!

    ResponderExcluir
  2. ótima sintonia das duas, texto e imagem em total unidade. também adorei o final.

    ResponderExcluir
  3. Vcs são uns fofos, isso sim. Bjos. Ana

    ResponderExcluir