sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

IRMÃS



Eu era a mais nova,
cresci com seu cheiro.
Silêncios e trovas,
janeiro a janeiro.

Foi filha da terra
até descansar
num canto da serra
chamado de lar.

Agora é fumaça
deixando os seus.
É vida que passa,
depois serei eu.

Imagem: Maria Emilia Algebaile
Texto: André Calazans
Post Extra

Um comentário: