segunda-feira, 11 de agosto de 2014

ALTERNATIVAS



ALTERNATIVAS
Descida, subida
Caminho a escolher
Se viro à direita
Não dá pra correr
Se viro à esquerda
Com rapidez
Degrau me derruba
E desço de vez
Nas alternativas
Vou me equilibrando
O outro me vê
Sorrindo e chorando
Se tenho camisa
Não tenho o calção
Um passo mal dado
Lá estou eu no chão
Se subo a ladeira
Não posso voar
Apenas três passos
Me fazem parar
Se desço as escadas
Não tenho opção
Chega sempre a hora
Em que o limite é o chão
No bate e rebate
Que a vida oferece
Sou veia que pulsa
E que não arrefece
Se o alter sou eu
Se o eu é confronto
Na ida ou na vinda
É que dá-se o encontro


Imagem: Magali Rios
Poema: Maria Emilia Algebaile
Rodada 52

Nenhum comentário:

Postar um comentário